Senado aprova conciliação por vídeo em juizado cível

Conciliação por vídeo em juizado cível é aprovado pelo Senado

O Senado aprovou na última terça-feira (11/2) um projeto de lei (PL 1.679/19) que possibilita a conciliação por meio de videoconferência no âmbito dos juizados especiais cíveis.

Como o texto aprovado pela Câmara não sofreu mudanças no Senado, a proposta seguirá para sanção presidencial.

O objetivo

O autor do projeto aprovado pelo Senado é o deputado Luiz Flávio Gomes (PSB-SP). O objetivo é alterar a Lei nº 9.099/1995 para incluir a utilização de meios tecnológicos de transmissão de vídeo e som em tempo real.

Ao justificar o projeto visando a aprovação do Senado, o parlamentar disse que os avanços tecnológicos e meios de comunicação devem ser amplamente utilizados para tornar a Justiça mais rápida e eficiente, sobretudo nos juizados especiais cíveis, cujo procedimento é orientado pelos princípios da oralidade, simplicidade, informalidade, celeridade e economia processual.

O relator do texto na Comissão de Constituição e Justiça, senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), disse que a proposta supre uma lacuna aberta pelo novo Código de Processo Civil, que admitiu a realização de audiência de conciliação por meio eletrônico, mas não regulamentou o tema no âmbito dos juizados especiais.

Esses juizados tem competência para conciliação e julgamento de causas cíveis de menor complexidade, com valor de até 40 salários mínimos.

Clique aqui para ler o projeto de lei: PL 1.679/19

Fonte: Agência Senado

Se precisar de ajuda ou ainda tiver alguma dúvida sobre o tema, clique  aqui  ou pelo e-mail:  erica@avallonelima.com.br

Site  | Facebook  | Instagram Linkedin  | Canal no Youtube  | Pinterest 

Conheça o meu Kit da Lei Seca clicando aqui e conheça uma nova área de atuação.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.