Rankeamento SEO do Google: como aplicar?

O Search Engine Optimization, mais conhecido como SEO, é um processo de otimização que dá evidência a sites dentro dos mecanismos de busca, permitindo que eles se coloquem no alto das pesquisas.

De acordo com um estudo realizado pela imFORZA, 75% dos usuários nunca clicam em resultados que aparecem depois da primeira página. Dessa forma, é necessário seguir uma série de passos para atrair tráfego orgânico e ter uma forte presença digital.

O Google leva em conta diversos fatores para entregar ao usuário a melhor experiência possível. Por esse motivo, conteúdos úteis e de valor único para o leitor são favorecidos. A batalha pelas primeiras posições é constante e, por isso, o trabalho com SEO deve ser contínuo.

Como fazer SEO?

  • Coloque a palavra-chave do site no título

O título do site é o que vai dar uma prévia para o usuário do que ele vai encontrar. Use as palavras-chave logo no início e crie um título instigante, de no máximo 63 caracteres, para que o leitor sinta vontade de ler o seu texto.

  • Escolha uma URL com termos claros

Endereços fáceis de entender são melhores posicionados no Google e facilitam o compartilhamento dos usuários. Assim, evite usar números, combinações sem sentido e termos muito longos.

  • Crie uma Meta Description convincente

A Meta Description é o texto que aparece logo abaixo do título no Google e, por isso, deve ser interessante. Ele precisa convencer o leitor de que o site apresenta o melhor conteúdo disponível sobre o assunto. A Meta Description não é um fator de rankeamento, mas aumenta o tráfego no site, um aspecto importante para conquistar as primeiras posições.

  • Utilize corretamente as palavras-chave

As palavras-chaves devem ser condizentes com o conteúdo apresentado e não deve ser utilizada em excesso, pois o Google vai entender que você está fazendo isso apenas pelo rankeamento. A semântica é muito mais importante para o mecanismo de busca do que a repetição de palavras. O conteúdo deve ser agradável ao leitor.

  • Evite a superficialidade

Não é possível convencer o leitor de que se têm o melhor conteúdo se o site apresenta textos rasos. Segundo a Backlinko, os conteúdos mais bem colocados no Google possuem cerca de 2000 palavras. Assim, produza materiais completos e faça uma atualização contínua, pois isso mostra que os textos estão sendo enriquecidos e que você se preocupa com o usuário.

  • Utilize recursos visuais

Além de tornar a leitura mais agradável, os recursos visuais incentivam o usuário a passar mais tempo dentro do seu site. Lembre-se também de otimizar as imagens nomeando-as com palavras semelhantes a sua palavra-chave e sempre criar legendas para facilitar a leitura pelo Google. Esses passos aumentam as chances das suas imagens aparecem em pesquisas no Google Imagens.

  • Deixe seu site amigável para dispositivos móveis

Segundo pesquisa realizada pela SEMRush, 57% dos brasileiros fazem buscas utilizando Smartphones e Tablets. Por isso, o Google penaliza sites que não são amigáveis aos dispositivos móveis. Assim, é necessário que o seu site seja responsivo e que o usuário consiga chegar onde deseja com o menor número de cliques possíveis.

  • Seja rápido

Dados de uma pesquisa realizada pelo Munchweb demonstram que 75% dos usuários abandonam um site se ele demora mais de 4 segundos para carregar. É essencial que seu site seja veloz. Para isso, é necessário utilizar um serviço de hosting de qualidade e compactar as imagens.

As dificuldades do SEO

Embora existam boas práticas para SEO e elas ajudem a manter seu site organizado e otimizado, os resultados variam bastante. Fatores como idade do domínio, tráfego base, concorrência, localização geográfica e público-alvo também influenciam. Se o seu site é novo e não possui muito conteúdo, seu projeto de SEO pode demorar para funcionar. Quanto maior o tempo do site, maior a chance de confiabilidade do Google.

Além disso, se você tem uma empresa, é importante reivindicar e listar seus negócios no buscador. É gratuito e é uma ótima ferramenta para melhorar a presença online.  Também é recomendável alimentar o seu site com outros conteúdos no blog para que o tráfego aumente e você ganhe credibilidade.

Outro fator que melhora o posicionamento é o linkbuilding, que consiste em linkar sites externos e referenciar o seu próprio site em artigos. Essa prática colabora para a transferência de autoridade e aumenta o tempo que o usuário permanece no seu site.

Produção de conteúdo na Advocacia: entenda na prática como usar o SEO do Google

A Maiara Trombini, que é Empreendedora, Instrutora de Cursos e Palestras, Consultora de Marketing Estratégico e Marketing Jurídico preparou este material que eu tenho certeza que vai te ajudar muito a alavancar sua advocacia, usando o marketing de contexto e o SEO do Google, veja o vídeo dela, tenho certeza que vai te ajudar muito:

Para acessar o curso clique aqui.

E a Maiara foi tão bacana que fez uma promoção imperdível para os leitores do meu Blog. Para adquirir o curso com desconto use o cupom ERICA10.

Agora que eu já te dei essas dicas básicas, você viu que é possível planejar uma estratégia de comunicação ter retorno quando você começar a ser procurado pelos seus potenciais clientes.

Criando um bom relacionamento com o público através das mídias sociais, sites e blogs e divulgar a sua marca de forma abrangente, você vai ver que o retorno é garantido! Porque isso faz como que o usuário perceba todo valor agregado à sua marca, se tornando um consumidor fiel do seu conteúdo.

Se precisar de ajuda ou ainda tiver alguma dúvida sobre o tema, pode me contatar clicando aqui ou pelo e-mail: erica@avallonelima.com.br

Site | Facebook | Instagram | Linkedin |Canal no Youtube | Pinterest

Conheça o meu Kit da Lei Seca clicando aqui e conheça uma nova área de atuação.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.