Ampliando resultados na advocacia com o marketing de conteúdo

Você já parou para imaginar como as pessoas conheciam e contratavam um advogado há 40 anos?

Não existia internet. Todos se relacionavam presencialmente. Alguns por telefone. Circulavam jornais e as informações no mundo eram difusas e esparsas, inclusive raras.

Muitos circulavam pelas ruas e conheciam advogados que tinham os “escritórios de advocacia”, com aquela bela fachada, aquela estrutura bonita e que todos admiravam. A população era menor, e o escritório do doutor era um forte elemento de marketing. Muitos contratavam aquele advogado porque o viam, ao passar pelas ruas.

Nesta época, ter um escritório físico, real, era um diferencial absoluto. Afinal, o mundo era físico, não existiam mídias sociais.

O que existia era o que estava no mundo. Logo, o escritório era um diferencial enorme do ponto de vista do marketing.

Dessa forma, inserir anúncios em jornais também era eficiente. Afinal, o advogado ficava conhecido por seus anúncios, por seu escritório, por seus cartões de visita fisicamente entregues, ou mesmo por ter títulos de uma renomada universidade de direito (muitas pessoas buscavam faculdades de direito para contratar advogados, e ainda buscam).

Com o surgimento das redes sociais, passaram a ocorrer mudanças.

Cada vez mais, o advogado não é mais visto apenas pela fachada de seu escritório. Passa a ocorrer um fenômeno de digitalização do mundo.

Como consequência do fenômeno de digitalização, as informações se multiplicaram, e o consumidor passou a ser mais consciente.

Ao ter dúvidas sobre um tema jurídico, muitas pessoas não mais buscam o jornal para ter o contato de um advogado. Hoje elas querem ler um artigo de qualidade, que sane suas dúvidas, e constitua uma via de comunicação com um bom profissional.

Neste contexto, cresce a importância do advogado apostar no marketing de conteúdo: na produção de conteúdo que impacte vidas e que ajude as pessoas a resolver seus próprios problemas.

Aos poucos, as belas fachadas de escritórios vão sendo substituídas por bons sites e uma boa produção de conteúdo, aliada a uma boa apresentação, e uma boa divulgação digital.

Não mais é estritamente necessário ter uma bela fachada de escritório, ter anúncios em jornal ou práticas similares. Os tempos mudaram.

O mundo mudou, e o advogado deve sempre se atualizar para garantir os melhores resultados. Considero que o jovem advogado deve buscar uma especialização temática, aliada a produção de conteúdo. Dessa forma, apresentará êxito de forma ética, sem passar por cima de seus colegas e dos demais profissionais.

Se precisar de ajuda ou ainda tiver alguma dúvida sobre o tema, pode me contatar clicando aqui ou pelo e-mail: erica@avallonelima.com.br

Site | Facebook | Instagram | Linkedin |Canal no Youtube | Pinterest

Conheça o meu Kit da Lei Seca clicando aqui e conheça uma nova área de atuação.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.