Pular para o conteúdo

CNH 2022: Mudanças acontecem em junho

CNH 2022: Mudanças acontecem em junho

A partir de junho de 2022, os condutores do Brasil contarão com uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) reformulada. De acordo com a Resolução 886, publicada em 13 de dezembro de 2021, pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito), o novo documento entrará em vigor a partir do primeiro dia de junho.

LEIA MAIS:
Por que o preço da gasolina está subindo tanto?
Projetos no Senado incluem dirigir aos 16 anos e mudança na suspensão da CNH
10 infrações de trânsito que podem fazer você perder a CNH

Segundo o Governo Federal, o novo modelo é mais seguro e moderno, além de contar com requisitos internacionais. Contudo, a substituição não é obrigatória. A troca deve ser feita somente quando a atual CNH atingir o seu período de vencimento, ou em casos da adição de uma nova categoria ou se houver a necessidade de segunda via.

Mudanças na CNH

Para evitar os transtornos das fraudes e falsificações, o novo documento possui um visual com novos elementos de identificação. Existe também a possibilidade da impressão em diversas línguas, além do português, como o inglês e o francês. Além disso, o novo modelo contará com um código utilizado em passaportes, a fim de permitir o embarque do condutor em viagens internacionais em aeroportos brasileiros.

As atividades profissionais, possíveis restrições médicas dos motoristas, fotos e informações, também serão registradas na nova CNH.

Um ponto que permanece sem alteração são as categorias (A, B, C e D). Porém, agora essas letras serão combinadas entre si e podem ser seguidas pelo dígito 1, seguindo o padrão de documentos de habilitação utilizado na europa.

As especificações dos códigos das categorias devem ser publicadas em breve pelo Contran. O que já se pode afirmar é que haverá limite de carga na definição, como: D para passageiro, C para carga e E para articulados.

No caso de condutores que possuem a Permissão para Dirigir, estes terão registrados a categorização pela letra P. No caso do documento definitivo, a letra indicada será a D.

Outra mudança diz respeito a cor. A nova CNH contará com um visual predominantemente verde e amarelo, além de trazer novas informações a fim de aproxima-la de um modelo mais internacional.

O documento também contará com a sigla BR ao invés da sigla referente ao estado de emissão.

Novas categorias

Entre as mudanças mais radicais e que mais chamam a atenção, destaca-se a classificação de veículos da CNH em 14 categorias. No verso do documento, haverá pequenos desenhos simbolizando os tipos de veículos que o condutor pode dirigir, as letras e a combinação seguida pelo número 1.

Se precisar de ajuda ou ainda tiver alguma dúvida sobre o tema, clique aqui ou pelo e-mail:  erica@avallonelima.com.br

Mentoria para advogados em Direito de Trânsito preencha o formulário clicando aqui

SiteFacebookInstagramLinkedin | Canal no Youtube | Pinterest

Conheça o meu Kit da Lei Seca clicando aqui e conheça uma nova área de atuação

Deixe um comentário