Como realizar o transporte de bebidas? Entenda!

Como realizar o transporte de bebidas? Entenda!

O frete de mercadorias é realizado de forma diferente para cada tipo de carga e o transporte de bebidas, em especial, não é simples. Porém é altamente rentável. Como se sabe, a fragilidade e o peso dos produtos demandam diversos cuidados.

Além disso, a proteção e o manuseio correto desse tipo de alimento pode afetar a sua qualidade. Por isso, se não forem bem observadas, as dificuldades nesse processo podem acarretar prejuízos para a empresa. Neste post separamos algumas dicas para que você possa realizar o transporte de bebidas devidamente. Acompanhe!

LEIA MAIS:
Divulgar blitz de trânsito é crime?
Quem trabalha em home office tem direito a horas extras?
Como trabalhar como Advogado Home Office em 2020?

Verifique a embalagem dos produtos no transporte de bebidas

Vasilhames de vidro, garrafas pet e latas com bebidas gaseificadas demandam preocupação. Por isso, é importante ficar atento ao fato das mercadorias estarem embaladas corretamente e em bom estado. Verifique também a segurança os produtos, se estão protegidos do calor e de vibrações.

Nesta etapa deve ser realizada a organização das bebidas nos paletes para serem transportados. Não existe uma quantidade ideal para o empilhamento da carga, mas a disposição dos produtos faz toda a diferença. A rigor, devem ser dispostos alternadamente, com as caixas mais pesadas primeiro, e em cima as mais leves. Isso aumenta a resistência do palete com a superfície do caminhão, reduzindo a movimentação da carga. Ainda, recomenda-se que a pilha não ultrapasse 1,80 metro de altura e 1 tonelada.

Garanta a preservação da carga no transporte de bebidas

Dentro do setor de bebidas, existem muitos tipos de produtos. Plástico, vidro, alumínio, bebidas destiladas, gaseificadas ou não, etc. Cada uma delas demanda uma atenção diferente quanto à proteção. Nesse sentido, a preservação do alimento deve ser garantida, inclusive durante o transporte.

Garrafas de vidro são frágeis, por isso devem ser transportadas de cabeça para baixo, evitando a contaminação do líquido. Já as latas devem ser bem dispostas, pois podem estourar com as vibrações da carroceria. De qualquer forma, a carroceria deve estar limpa, sem peças sobressalentes e em boas condições, para que as embalagens não se danifiquem.

Escolha a carroceria adequada no transporte de bebidas

Como dito, o transporte de bebidas é delicado e exige atenção por parte do motorista e da transportadora. Portanto, uma etapa fundamental é a escolha da carroceria.

Quando o transporte de carga do fabricante é para centros de distribuição, é adequado utilizar a carroceria do tipo furgão sider, ou lonado. Ela permite um acesso fácil de empilhadeiras, tanto pelas laterais como pela traseira, no processo de carga e descarga dos produtos paletizados. Além disso, contam com vedação e circulação de ar adequadas, evitando a poeira e a umidade formada pelo vapor d´água, o chamado “suor de carga”.

No momento de distribuição de bebidas para os pontos de venda, é recomendado a utilização de carroceria fechada em aço ou alumínio, com portas laterais. Podem ser utilizadas tanto as do tipo plana como rebaixada. Entretanto, estas têm mais capacidade de transporte e facilitam o acesso pelas laterais.

Preze pela organização no transporte de bebidas

O transporte de bebidas geralmente envolve a entrega de garrafas cheias e a recolha das vazias em diferentes pontos. Por esse motivo, é necessário atentar-se para a distribuição da carga na carroceria.

A questão central é que o peso esteja igualmente distribuído entre os eixos e as laterais, uma vez que o excesso de peso em um ponto pode alterar o centro de gravidade do caminhão. Assim, a organização auxilia na dirigibilidade, reduz o desgaste dos pneus e da suspensão e, principalmente, garante a segurança no transporte. Por consequência, reduz custos de frete.

Além disso, a organização dos paletes também é essencial para garantir a preservação das bebidas, já que interfere no armazenamento após o descarregamento. O posicionamento dos produtos leva em conta a validade das bebidas, a começar pela distribuição de bebidas que estão a mais tempo em estoque para as mais recentes.

Planeje a rota de entrega no transporte de bebidas

Nesta etapa, mais uma vez o peso e a fragilidade da carga devem ser lavados em consideração. Em geral, a entrega de bebidas é realizada em diversos destinos, logo, é fundamental planejar uma rota eficiente e segura. Ainda, como dito anteriormente, saber a sequência de entregas permite organizar o peso da carga corretamente na carroceria, evitando desequilíbrios.

A logística de entrega deve ser panejada com cautela, pois os produtos exigem cuidados nos deslocamentos e movimentações da carroceria. Verifique qual o trajeto mais rápido e/ou curto, que envolva as melhores ruas e estradas, isto é, mais seguras e com menos buracos. Além de garantir um correto posicionamento dos paletes na carroceria, o planejamento de rota traz economia de tempo no destino e de combustível.

Saiba como as bebidas devem ser armazenadas no transporte de bebidas

As bebidas são armazenadas em embalagens distintas e cada material necessita de um cuidado diferente, devido às propriedades que apresentam. Além disso, deve ser considerado o tamanho das embalagens, se há espaçamento entre os produtos ou caixas e como podem se comportar com a movimentação da carroceria.

Os vidros são frágeis e podem quebrar, por isso as garrafas não devem ficar soltas nas caixas e paletes. Para corrigir espaços, utilize plástico bolha, papel ou isopor. Não se esqueça de certificar que as garrafas não estejam em atrito e identifique as embalagens com o adesivo “frágil“.

O plástico é uma das embalagens mais resistentes durante o transporte. No entanto, deve-se ter cuidado com a temperatura da carga, para que isso não impacte na qualidade da bebida. Por isso, utilize uma carroceria com boa ventilação e vedação e que esteja limpa.

Latas de alumínio podem percorrer longas distâncias sem sofrer impactos de vibrações e calor, alem de bloquearem a luz e serem mais resistentes. Ordene as latas e prenda-as corretamente em paletes no caminhão. Também tenha atenção com a umidade para não oxidar o alumínio e contaminar o alimento. Por fim, observe se as latas estão em boas condições. Se apresentarem estufamento devem ser descartadas, pois podem indicar a presença de micro-organismos tóxicos que aumentam os gases.

O transporte de bebidas pode trazer muita rentabilidade para as empresas. No entanto, se realizado de maneira incorreta, acarreta prejuízos para as transportadoras. Portanto, escolha a carroceria que melhor se adequa às suas necessidades, organize a carga e a embalagem dos produtos e, por fim, planeje a melhor rota de entrega. Dessa forma, você garante a preservação das bebidas que chegam à mesa dos consumidores.

Via: BSoft

Se precisar de ajuda ou ainda tiver alguma dúvida sobre o tema, clique aqui ou pelo e-mail:  erica@avallonelima.com.br
Mentoria para advogados em Direito de Trânsito preencha o formulário clicando aqui

Site  | Facebook  | Instagram Linkedin  | Canal no Youtube  | Pinterest 

Conheça o meu Kit da Lei Seca clicando aqui e conheça uma nova área de atuação

Compartilhe!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.