Recusa do teste: etilômetro passivo

Recusa do teste: etilômetro passivo

O etilômetro passivo é um equipamento que detecta a presença de álcool sem que o motorista precise assoprar o pequeno bastão.

LEIA MAIS:
Os novos bafômetros que detectam embriaguez pela respiração
Cassação da CNH: como recorrer
Multas e penalidades para pessoa jurídica

De acordo com dados divulgados pela Polícia Rodoviária Federal de São Paulo em 2019, os casos de infrações aumentaram mais de 38% se comparados aos dois anos anteriores.

O aparelho funciona como uma espécie de triagem do motorista, uma vez que é necessário somente a fala perto do equipamento para o teste ser concretizado. Caso o resultado seja positivo, a recomendação que a polícia dá é de que seja realizado o teste convencional do bafômetro, que possui maior eficácia na identificação de álcool no organismo.

Recusa do teste do etilômetro passivo

Assim como acontece no teste do bafômetro já conhecido, é possível que o motorista se recuse também a realizar o teste no etilômetro passivo. Porém, as punições são as mesmas.

A multa aplicada é no valor de R$ 2.934,70, a CNH é recolhida e ocorre a suspensão do direito de dirigir no período de um ano.

Ademais, caso não haja, no local, outro motorista capaz de conduzir o veículo, o mesmo é apreendido.

No caso de uma condenação de nível administrativa, o motorista responde um inquérito por crime de trânsito.

Se precisar de ajuda ou ainda tiver alguma dúvida sobre o tema, clique aqui ou pelo e-mail:  erica@avallonelima.com.br

Mentoria para advogados em Direito de Trânsito preencha o formulário clicando aqui

SiteFacebookInstagramLinkedin | Canal no Youtube | Pinterest

Conheça o meu Kit da Lei Seca clicando aqui e conheça uma nova área de atuação

Deixe um comentário